terça-feira, 21 de setembro de 2010

De Libélula à Borboleta



De Libélula à Borboleta
Anjo Poeta

Fugistes querida, bem sei, para em teu castelo te ocultar!
Por que te amedrontas tanto assim? Duvidas de mim?
Não resistes aos meus galanteios, ou outro tens a te encantar?
Não vê que por pouco tempo te secretarás?

Pois no impulso do tempo teu casulo romperás?
Que fazes aí? Se nem o sol descortinas a raiar?
Tuas amigas, companheiras, já estão a te sondar.
Aflitas, querem te escutar. Não ouves o seu farfalhar?

Flores multicoloridas como tuas asas, aquí estão a te espreitar.


Pensam... Que faz essa menina sem trabalhar?
Descansa sem parar? É a lei da Natureza: deve polinizar
Veja, estrelas estão a brilhar! E, nossos olhos a encantar.

Sai Amor! Todos estão a te esperar.
E eu, sofrendo, ansioso, a te aguardar.
Não precisas tanto te enfeitar. És bela como o Luar.
Fostes obra da Mãe Natureza, e até a Lua está a te invejar.

Vem querida, não demore ...
Pois, louco estou pra te beijar. E, tuas faces acariciar.
Elas rubras como carmim, a me aceitar. Ah, deixa-me sonhar!
Sai amor, este "casulo" é pobre, é escuro,
não serve pra te abrigar, te aconchegar. Muito mais estou a te ofertar.

O Castelo é lindo, crê em mim, vais adorar!
Em noites enluaradas, horas e horas, sem fim, me ponho a pensar.
Que fiz de tão mal, ó Deus, pra sofrer tanto assim?
Quantas noites ainda devo aguardar, pra minha Princesa se aprontar.

Por que me rejeitar?
Se em seus pés coloco todo o meu Ser, todo o meu Viver.
Outro tens disputando o teu coração?
E, pensas em lhe dar a mão. Estas Belas Asas Azuis, Não!
Não resistirei, e ele enfrentarei .

Pensa enquanto aí estás, só amar?
O que vais ganhar?
Sei que fugistes para meditar.
Pois não era hora de tuas vestes trocar!

Só peço: não tardes tanto!
Posso perder o encanto! E, nos caminhos de tua vida
Outro podes, não encontrar que tão enamorado e ardente esteja
Que tanto se exponha e, te deseja!
Em uma noite de luar outro sincero amor encontrar.
Seu Príncipe Encantado, seu Eterno Namorado
O Pirilampo Enamorado!


Fonte:
comamor
Imagem: Nebulosa Borboleta (Hubble/Nasa)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...