terça-feira, 12 de outubro de 2010

O Cérebro e seus Componentes Estruturais



O Cérebro é a parte do sistema nervoso central que fica dentro do crânio.


É a parte mais desenvolvida e a mais volumosa do encéfalo, pesa cerca de 1,3 kg e é uma massa de tecido cinza-róseo.


Quando cortado, o Cérebro apresenta duas substâncias diferentes:
  • uma branca, que ocupa o centro,
  • e outra cinzenta, que forma o córtex cerebral.
O córtex cerebral está dividido em mais de quarenta áreas funcionalmente distintas.


Cada uma delas controla uma atividade específica.


A presença de grande áreas cerebrais relacionadas ao controle da face e das mãos explica por que essas partes do corpo têm tanta sensibilidade.


No córtex estão agrupados os neurônios.


Componentes do Cérebro

O Cérebro é composto por cerca de 100 bilhões de células nervosas, conectadas umas às outras e responsáveis pelo controle de todas as funções mentais.

  • além das células nervosas (neurônios),
  • o Cérebro contém células da glia (células de sustentação),
  • vasos sangüíneos
  • e órgãos secretores.
Ele tem três componentes estruturais principais:

  • os grandes hemisférios cerebrais, em forma de abóbada (acima),
  • o cerebelo, menor e com formato meio esférico (mais abaixo à direita),
  • e o tronco cerebral (centro).
No tronco cerebral, destacam-se a medula alongada ou bulbo raquiano (o alargamento central) e o tálamo (entre a medula e os hemisférios cerebrais).


Os hemisférios cerebrais são responsáveis pela inteligência e pelo raciocínio.


O tronco encefálico, formado pelo mesencéfalo, pela ponte e pela medula oblonga, conecta o Cérebro à medula espinal, além de coordenar e entregar as informações que chegam ao encéfalo.


Controla a atividade de diversas partes do corpo.


O mesencéfalo recebe e coordena informações referentes ao estado de contrações dos músculos e à postura, responsável por certos reflexos.


O cerebelo ajuda a manter o equilíbrio e a postura.


O bulbo raquiano está implicado na manutenção das funções involuntárias, tais como a respiração.


A ponte é constituída principalmente por fibras nervosas mielinizadas que ligam o córtex cerebral ao cerebelo.


O tálamo age como centro de retransmissão dos impulsos elétricos, que viajam para e do córtex cerebral.

É o órgão mais volumoso e mais importante do sistema nervoso.

Divide-se em duas partes denominadas hemisférios cerebrais.

Os hemisférios estão ligados um ao outro pelo corpo caloso.

A superfície do cérebro apresenta sulcos chamados cissuras.

Os sulcos dividem a superfície do cérebro em regiões que se chamam circunvoluções cerebrais.

A maior das cissuras é a inter-hemisférica, que divide o cérebro nos dois hemisférios cerebrais.

Cada circunvolução cerebral é responsável pelo controle de determinadas funções.

As circunvoluções que se localizam na frente, junto ao osso frontal, controlam a fala.

As que se situam atrás, junto ao osso occipital, controlam as sensações visuais.

Junto aos ossos parietais ficam as circunvoluções que controlam os movimentos do corpo.

As sensações auditivas são controladas pelas circunvoluções localizadas junto aos ossos temporais.

A substância cinzenta do cérebro localiza-se na parte externa; a substância branca situa-se na parte interna.

O cérebro é o órgão mais importante do sistema nervoso, pois é ele que controla os movimentos, recebe e interpreta os estímulos sensitivos, coordena os atos da inteligência, da memória, do raciocínio e da imaginação.

Fonte: universitario com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...