domingo, 2 de janeiro de 2011

Verso da Manhã (Antroposofia)


A luz do sol passada a noite
vai clareando o dia.


A alma acorda,
com nova força
do sono que dormia.


Tu, minha alma
dê graças pela luz,
pois dentro dela reluz.


Tu,minha alma,
no dia a ressurgir,
sê capaz de agir.





Rudolf Steiner


Fonte da Imagem:
Pietrzyk
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...