segunda-feira, 21 de março de 2011

...a vida... como um rio...


...Uma vez...
associando a nossa vida a um rio... e a nossa "navegação" nesse rio...
daí... pensando...refletindo...
que esse rio vem vindo lá de trás...com nossos antepassados...
...e nessa jornada...
nossos antepassados choraram... e caiu lágrimas nesse rio...
nossos antepassados lutaram... e caiu sangue nesse rio...
nossos antepassados trabalharam... e caiu suor nesse rio...
...e esse rio vem vindo...
...caudeloso... em curvas... e retas... largo... estreito...
...raso...profundo...
...de águas claras...cristalinas... de águas turvas...revoltas...
com margens...ora arborizadas...floridas...ora em manguesais...
e...
nossa jornada nesse rio vai depender não só dessas águas...
que já vem por esse rio através dos nossos antepassados...
que passará por nós... através de nós...
...mas que...de agora em diante...depois de nós...
o curso dependerá de nossas escolhas também...
aaaaaaaah...de nossas escolhas...
e...as cascatas...curvas...quedas d'água...minas de água nascente...
vão acontecendo...
seguindo um ritmo...um curso...até desaguar no mar...
no imenso mar... no maravilhoso mar...
podemos ir à nado...de costas...crau...borboleta...
boiando...de barriga prá cima...
às vezes engolimos um pouquinho de água...
que importância tem...é água doce...
às vezes nadamos entre peixinhos coloridos...
às vezes entre galhos caídos das árvores que margeiam nossos rios...
nas chuvas...temporais...
nos dias de sol...
nas noites de luar...
podemos também ir de canoa...de barco...de lancha...
vivenciar as curvas...pedras...paisagens...ou não...
...eu vou escolher vivenciar esse meu rio...
com todas as emoções... sensações... cores e tons...


De Libélula a Borboleta

Fonte:
http://de-libelula-a-borboleta.blogspot.com/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...