sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Kwan Yin (Kuan Yin) Mãe de Misericórdia e Compaixão

La Diosa de la Misericordia con sus mil brazos


El coreógrafo Chino Zhang Jigang, formó una coreografía basada en la mitología Budista, para contemplar a la Diosa de la Misericordia con sus Mil Brazos (también llamada Kwan Yin de Mil Brazos). Esta danza, está representada por 21 bailarinas que forman una larga fila, donde crean para los espectadores, una fabulosa ilusión de la Diosa con múltiples brazos y piernas. El espectáculo, fue una presentación de gala por parte de la Compañía de Representaciones Chinas de Deficientes Físicos, que fue televisada en vivo en un canal de la China Central, en conmemoración de su Año Nuevo. El aspecto más impresionante de todas las integrantes de ésta compañía de danza, es que son deficientes auditivas, es decir, todas las bailarinas son sordas. El resultado, fue un espectáculo digno de admirar y de colmar de aplausos.



La Diosa de la Misericordia con sus mil brazos

Segundo a tradição, Kuan Yin teria encarnado como a terceira filha de Miao Chuang Wang, identificado como sendo da dinastia Chou, governante de um reino do norte da China, por volta do ano 696 a.C.. De acordo com a lenda, ela se determinara a seguir uma vida religiosa, tendo se recusado a casar, apesar das ordens do seu pai e das súplicas dos seus familiares. Ela sai de casa e se refugia num convento.

Kuan Yin: uma vida de provações

Por ordens do seu pai, foi submetida às mais árduas tarefas, e, de forma alguma, enfraqueceu o seu amor por Deus. Enraivecido pela sua devoção, seu pai ordenou que fosse executada. Mas a espada foi quebrada em mil pedaços quando a tocou. Seu pai então ordenou que fosse asfixiada, mas quando a sua alma deixou o seu corpo, e desceu até o inferno, transformou-o num paraíso.
Neste momento, ela parou para ouvir os lamentos do mundo e decidiu retornar. Transportada numa flor de lótus até a Ilha de P’ootoo, próxima a Nimpo, aí viveu durante nove anos, curando os enfermos, e salvando marinheiros do naufrágio.

A origem dos mil braços e mil olhos de Kuan Yin

Certa vez, quando soube que seu pai estava muito doente, cortou um pedaço da carne dos seus braços e usou-o como um remédio que salvou a vida do pai. Em gratidão, ele ordenou que uma estátua fosse erguida em sua honra, comissionando ao artista que a representasse com ‘olhos e braços completamente formados’. Entretanto, o artista compreendeu mal, e até hoje Kuan Yin algumas vezes aparece representada com ‘mil braços e mil olhos’, sendo capaz, dessa forma, de olhar e cuidar de todo o seu povo.

Kuan Yin e sua missão de salvar o mundo do sofrimento

Kuan Yin fez o voto do bodhisattwa de trabalhar junto às evoluções deste planeta e diz que “enquanto houver uma única alma sofrendo na Terra, ela estará presente”.

Segundo a lenda, Kuan Yin estava prestes a entrar no céu, quando parou no limiar ao ouvir os gritos do mundo. Neste momento, ela fez um juramento de permanecer nos reinos terrestres e não entre os mundos divinos até que todos pudessem ser atendidos por seus lamentos.

Como que prevendo, Kuan Yin, como Miao Shan – 3ª filha de um rei, disse às suas irmãs:

“Riquezas e glória são como a chuva na primavera, ou o orvalho pela manhã; duram apenas pouco tempo, e logo passam. Reis e imperadores pensam em desfrutar até o final da boa fortuna que os coloca em um nível separado dos demais seres humanos; mas a enfermidade os faz descansar em seus caixões, e tudo acaba. Onde estão agora todas as poderosas dinastias que estabeleceram a lei do mundo? Com relação a mim, desejo nada mais do que um retiro pacífico em uma montanha isolada, na tentativa de atingir a perfeição. Se algum dia conseguir alcançar um grau elevado de bondade, então, carregada nas nuvens do céu, viajarei por todo o universo, passando do Oriente ao Ocidente num piscar de olhos. Resgatarei meu pai e minha mãe, e os levarei ao céu; salvarei os miseráveis e afligidos na Terra; converterei os espíritos que praticam o mal, e os farei praticar o bem. Essa é minha única ambição.”

Fonte:
Livro Kwan Yin - a Deusa dos Milagres
Angela Jabor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...