terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Ainda...


Não digamos 'não', 
nem 'nunca mais'...
não digamos 'sempre' ou 'jamais'...
digamos, simplesmente: ainda'...

Ainda nos veremos um dia...
Ainda nos encontraremos na estrada da vida...
Ainda encontraremos a pousada,
o afeto almejado, 
a guarida...

Ainda haverá tempo de amar,
sem medo, 
totalmente... 
infinitamente...

Ainda haverá tempo,
para ser feliz novamente...
Ainda haverá tristeza,
ainda haverá saudade,
ainda haverá primavera,
o sonho, 
a quimera...

Ainda haverá alegria,
apesar das cicatrizes...

Ainda haverá esperança,
porque a vida ainda é criança...
e amanhã será outro dia!

Autor Desconhecido
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...