sexta-feira, 23 de março de 2012

Cura através das Cores


A cor é uma forma de energia vibracional que, por milhares de anos, desempenhou papel de fundamental importância na saúde e cura.

No passado, os antigos egípcios construíram enormes salas em seus grandes templos de Karnak e Tebas, que eram conhecidas por “salões da cor”, com o objetivo de pesquisar a influência das luzes e cores.

Cada cor do espectro está associada a uma faixa de comprimentos de onda, significando que as cores tem centenas de nuances sutis. Nem todas essas nuances são percebidas ao olho humano, pois as cores que vibram em faixas semelhantes são muito parecidas. Os comprimentos de onda violeta são os mais curtos, girando em torno de 380 a 450 nanômetros (nm). Os comprimentos de onda vermelha são os mais longos, alcançando em torno de 630 a 760 nm.

A cor é uma das nove curas básicas aplicadas no Feng Shui, a arte chinesa de direcionamento de energia (qi) para criar condições que favorecem a saúde, felicidade e a sorte. Cada uma das dinastias chinesas tinha uma cor real revelada por um mestre Feng Shui, marrom para a dinastia Sung, verde para a dinastia Ming e amarela para a dinastia Ching.

De acordo com a crença tradicional chinesa, dependendo da nossa data de nascimento, algumas cores nos conferem mais energia enquanto outras nos tiram energia. Combinações diferentes de cores tem efeitos fantásticos sobre os seres humanos, podem favorecer o crescimento ou até estimular o conflito.

Embora o simbolismo das cores varie de uma cultura para outra, as associações básicas tendem a ser compatíveis e universais.

Branco - Tecnicamente o branco não é uma cor, pois é o resultado da mistura de todas as cores em proporções iguais. No ocidente ele é associado a pureza, inocência e limpeza. Na China e na Índia, o branco é a cor tradicional do luto.

Violeta e Índigo – Essas cores são associadas à espiritualidade, à lealdade, ao amor e a todas as coisas divinas. Leonardo da Vinci afirmou que o poder da meditação poderia ser intensificado dez vezes sob a influência dos raios violeta que passam pelo vitral de uma igreja. Os tons suaves dessa cor podem ajudar no tratamento para dor de cabeça, neuroses e certas formas de esquizofrenia e demência.

Verde - O verde é universalmente considerado a cor do cresimento, da cura e da tranquilidade. A cor verde das plantas promove a paz e harmonia necessárias para acalmar a mente humana. O verde é associado ao coração e, quando pensamos nessa cor, atraímos tudo de que precisamos para nos sentir revigorados e calmos. Verde em demasia pode criar uma condição estática, pois ele tem a capacidade de eliminar completamente o estresse.

Amarelo - O amarelo representa paciência, tolerância, sabedoria e energia mental. Ajuda a expandir os horizontes e traz plenitude. Na China encantamentos contra espíritos demoníacos são escritos em papel amarelo. Essa cor tem o poder do sol, e em determinada época, só era permitida seu uso pelo imperador.

Laranja – O laranja representa alegria, cumplicidade e sensualidade feminina.


Rosa - O rosa é uma cor cálida, suave e reconfortante que representa amor e romance. Quando sentir raiva pense no rosa que com certeza te auxiliará.

Vermelho - O vermelho é uma cor passional que está relaciona à felicidade, à vida e a coragem. Ele é extremamente emocional e energizante. Se você estiver sobrecarregado emocionalmente é melhor não utilizar esta cor. Na China o vermelho é sinal de virtude.

Cura Vibracional – Clare G. Harvey,  Amanda Cochrane
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...