quinta-feira, 10 de maio de 2012

Poema Vida


Sempre a indesencorajada alma do homem
resoluta indo à luta.

(Os contingentes anteriores falharam?
Pois mandaremos novos contingentes
e outros mais novos.)

Sempre o cerrado mistério
de todas as idades deste mundo
antigas ou recentes;
sempre os ávidos olhos, hurras, 
palmas de boas-vindas, o ruidoso aplauso;
sempre a alma insatisfeita,
curiosa e por fim não convencida,
lutando hoje como sempre,
batalhando como sempre.

Walt Whitman, in "Leaves of Grass"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...