sábado, 18 de agosto de 2012

Som x Silêncio


‎"As ondas sonoras, especialmente da fala, tem um valor que geralmente não percebemos. Interferem no equilíbrio do espaço que nos rodeia e de nosso espaço interior. A medida que nos tornamos conscientes disso, começamos a entender a lei do silêncio e desfrutar dos benefícios de observa-la.

As palavras não são mais que o som dos pensamentos. Podem produzir formas diversas em diferentes níveis de manifestações da vida. Hoje sabemos, cientificamente, que até a matéria concreta se reestrutura em resposta à vibração das palavras e pensamentos. A organização das moléculas é alterada de acordo com as nossas emissões, e forma padrões mais, ou menos, harmoniosos. 

E o que podemos dizer sobre a resposta das plantas, animais e dos nossos semelhantes a essas influências?

As palavras criam formas também nos níveis sutis do ambiente e podem causar perturbações ou ajudar a consolidar a paz. Nesta época, no plano mental de todo o planeta, existem incontáveis formas discordantes e desarmônicos, e a maioria dos psicólogos e psiquiatras ainda desconhece que grande parte dos transtornos mentais e cerebrais da humanidade são causados por eles.

Para não aumentar esta obra destrutiva, para não agravar a doença, temos que manter, tanto quanto possível, a consciência na realidade do infinito.

A princípio, essa realidade nos parece muito abstrata, mas com o exercício da elevação dos pensamentos conseguimos atravessar as densas camadas psíquicas terrestres e chegar a níveis de existência cada vez mais amplos.

A mente não deve deixar-se capturar pelos fatos da vida cotidiana; ao contrário, tem que elevar-se desse lugar. Mesmo que a mente precise ser usada nas resoluções práticas cotidianas, devemos nos manter nelas apenas o tempo suficiente, e depois decolar.

O pensamento, como o som, se propaga em ondas. E são estas ondas que atraem vibrações afins.

Um pensamento nosso, portanto, pode ampliar-se muito e ganhar uma força incalculável, pois se junta com outros de natureza similar. E se não for um pensamento de paz, harmonia e amor, pode ser transformado, especialmente nesta época, em uma avalanche de negatividade.

Por outro lado, sons "silenciosos", de mundos "distantes", vibram sem cessar dentro de nós e ao nosso redor. Abrem caminho, trazem oportunidades inusitadas, revelam um novo tempo. Só não temos acesso a eles normalmente por causa de nossa falta de cuidado no que diz respeito às vibrações que geramos. Mesmo as pessoas mais ocupadas podem dedicar pelo menos alguns momentos do dia para refletir sobre esses mundos superiores, poderiam cultivar sua receptividade a eles. Assim, serviriam ao mundo material de maneira mais eficaz do que com atos externos e utilitários. Na atual crise do planeta, essa atitude é sumamente necessária."

Fonte: 
Boletim Sinais de Figueira 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...