quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

A Prece da Árvore




 Ser Humano, 
Protege-me! 

Junto ao puro ar 
da manhã ao crepúsculo, 
eu te ofereço 
aromas, flores, frutos e sombra! 

Se ainda assim não te bastar, 
curvo-me e te dou 
proteção para teu ouro, 
pinho para tua nota, 
teto para teu abrigo, 
lenha para teu calor, 
mesa para teu pão, 
leito para teu repouso, 
apoio para teus passos, 
bálsamo para tua dor, 
altar para tua oração 
e te acompanharei até à morte... 

Rogo-te: Não me maltrates!

Walter Rossi


Fonte:

Walter Rossi
Jornal da Poesia
http://www.jornaldepoesia.jor.br/wrossi.html

e
Árvores Sagradas
Por Sandra Siciliano

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...