terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Feliz Ano Novo 2014






"A cada dia de nossa vida 
aprendemos com nossas derrotas e nossas vitórias 
o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. 
Que o novo ano que se inicia, 
possamos viver intensamente cada momento 
com muita paz e esperança, 
pois a vida é uma dádiva 
e cada instante é uma benção de Deus. 
Que uma chuva de paz, esperança, 
solidariedade, alegria, cooperação,
saúde, compaixão, gratidão,
felicidade e amor caia ao seu redor 
e faça brotar boas sementes 
de prosperidade para um novo ano."

Desconheço o Autor

sábado, 28 de dezembro de 2013

...irradiar amor e cura...






Segue aqui uma meditação para irradiar amor e cura...


O objetivo desta meditação é irradiar amor e cura para você e para todos os que o cercam, e sua intenção deve ser o Bem Maior.

Vamos começar?

- Acenda uma vela para gerar a sensação de um espaço sagrado em torno de você.

- Aterre-se na energia do planeta, imaginando seus pés, ou chakra da raiz, tornando-se as raízes de uma árvore.

Quando sentir que suas raízes estão bem firmes na terra, levante os braços acima da cabeça, como se fossem galhos, tocando o céu e a energia espiritual acima.

Imagine o Sol aquecendo você e a terra fornecendo água para nutrir e saciar a sua sede.

- Respire profundamente, e mantendo a sua consciência nesse espaço, sinta todos os seus chakras, ou vórtices espirituais, abertos e em equilíbrio nesta energia.

Saiba que você é o centro do Universo.

Agora, aceite plenamente os seus poderes inatos, criativos, abundantes.

- Não subestime esta meditação; ela pode neutralizar muitas vidas e gerações de negatividade.

Se notar qualquer amarra que não esteja libertando você, peça à sua divindade protetora ou até mesmo à luz da consciência de Cristo para mostrar a você como se libertar.

- Repita pelo menos três vezes:

 "EU ESTOU DOANDO E RECEBENDO EM PERFEITO EQUILÍBRIO, E EU AGORA ACEITO TUDO O QUE O UNIVERSO TEM A OFERECER."

- Perceba o seu chakra do Plexo Solar (abaixo da caixa torácica) se transformar em um grande sol.

Veja-o crescer e ficar tão grande quanto o cômodo em que está, até mesmo a cidade!

- Veja o chakra do coração turbilhonando com uma luz rosa clara e verde-esmeralda brilhante até transbordar.

Imagine-se restabelecendo o equilíbrio e o fluxo natural dos outros chakras. 

- Veja-se repleto de novas idéias, criatividade, e acima de tudo, amor.

Quando consegue amar a si mesmo, você é capaz de amar os outros.

- Refaça o seu "contrato de alma", visualizando-o e adicionando um adendo, tal como:

"GOSTARIA AGORA DE ME LIBERTAR TOTALMENTE DE TODOS OS CONTRATOS DE ALMA DO PASSADO E MUDAR TODAS AS PARTES DOS MEUS CONTRATOS DE ALMA DO PRESENTE PARA ME PERDOAR, PERDOAR TODAS AS OUTRAS PESSOAS E ME LIBERTAR DE TODA DOR E LUTA DE TODAS AS FORMAS; E PARA PERMITIR A SAÚDE, A FELICIDADE E A ABUNDÂNCIA EM TODAS AS EXPRESSÕES DA MINHA VIDA E EM TODOS OS NÍVEIS. QUE ASSIM SEJA."

Se quiser, você pode escrever isso, assinar o seu nome e datar, com a certeza de que o seu pedido foi atendido.

- Imagine os seus guias espirituais mostrando dois tecidos cuja trama representa a sua vida: um foi tecido com firmeza e de maneira contínua, e outro, do passado, precisa ser desfiado até o último fio - confie neste processo.

Realmente sinta este processo e observe o que está saindo e o que está reivindicando!

- Permita-se conhecer seu lugar e seu propósito de amor no mundo! 

- Permita-se receber a devida compensação por seus dons criativos.

- Veja todos os trabalhos que você fez irradiar em todas as direções para a sua família, seus amigos, seu trabalho, e todos os que estão em sua energia.

Se eles quiserem seguir para a abundância, ainda estarão em sua energia.

Se eles não estão prontos para liberar o que temem, vão deixar a sua energia e ser guiados pelo Espírito, enquanto você segue o seu caminho rumo à prosperidade.

- Se seu objetivo é a cura, então cure a si mesmo em primeiro lugar, porque essa é a única maneira de realmente ajudar outras pessoas.

Talvez muitas coisas ( e talvez pessoas) precisem se retirar do seu campo energético para dar espaço à vibração de prosperidade e abundância que você deseja.

- Você logo vai perceber que as pessoas de fato se deixam levar pela consciência da pobreza.

Confie que, à medida que deixa essas coisas se afastarem de você, novas energias irão substitui - las, atraindo coisas e pessoas que correspondem mais à sua nova vibração energética.

- Não importa o quanto possa parecer desconfortável no começo; continue a fazer mudanças, a tomar decisões melhores.

Logo, a "saída intempestiva" de coisas antigas e relações desgastadas começará a dar lugar a mudanças surpreendentes e maravilhosas!

Aceite essas mudanças com todo o seu ser!



Que o seu caminho para a prosperidade seja suave e ascendente!



Fonte: 
Almanaque Wicca

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Poema de Natal





"Natal...
Somos Nós! 

Somos o Natal
quando decidimos nascer de novo, 
a cada dia, nos transformando. 

Somos o pinheiro de natal 
quando resistimos vigorosamente 
aos tropeços da caminhada. 

Somos os enfeites de natal 
quando nossas virtudes, 
nossos atos, 
são cores que adornam. 

Somos os sinos do natal 
quando chamamos, 
congregamos 
e procuramos unir. 

Somos luzes do natal 
quando simplificamos 
e damos soluções. 

Somos presépios do natal 
quando somos humildes 
para enriquecer a todos. 

Somos os anjos do natal 
quando cantamos ao mundo 
o amor e a alegria. 

Somos os pastores de natal 
quando enchemos nossos corações 
vazios com Aquele que tudo tem. 

Somos estrelas do natal 
quando conduzimos alguém ao Senhor. 

Somos os Reis Magos 
quando damos o que temos de melhor, 
não importando a quem. 

Somos as velas do natal 
quando distribuímos harmonia 
por onde passamos. 

Somos Papai Noel 
quando criamos lindos sonhos 
nas mentes infantis. 

Somos os presentes de natal 
quando somos verdadeiros amigos para todos. 

Somos cartões de natal 
quando a bondade está escrita em nossas mãos. 

Somos as missas do natal 
quando nos tomamos louvor, 
oferenda e comunhão. 

Somos as ceias do natal 
quando saciamos de pão, 
de esperança, 
qualquer pessoa do nosso lado. 

Somos as festas de natal 
quando nos despimos do luto 
e vestimos a gala. 

Somos sim, 
a Noite Feliz do Natal, 
quando conscientemente, 
mesmo sem símbolos e aparatos, 
sorrimos com confiança e ternura 
na contemplação interior 
com o espírito de Natal
durante todos os dias do Ano Novo  
que estabelece seu Reino em nós. 

Obrigado Jesus! 
Por vossa luz!
Feliz Natal, Amigo!"

Autor Desconhecido

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Madiba / Nelson Mandela / Rolihlahla Dalibhunga Mandela








"Nosso medo mais profundo não é que sejamos inadequados.

Nosso medo mais profundo é que sejamos poderosos demais.

É nossa sabedoria, nossa LUZ,
não nossa ignorância, nossa SOMBRA,
o que mais nos apavora.

Perguntamo-nos:
‘Quem sou eu para ser brilhante, belo, talentoso, fabuloso?’

Na verdade, por que você não seria?

Você é um filho de Deus.

Seu medo não serve ao mundo.

Não há nada de iluminado
em se diminuir
para que outras pessoas
não se sintam inseguras perto de você.

Nascemos para expressar a Glória de Deus que há em nós.

Ela não está em apenas alguns de nós;
está em todas as pessoas.

E quando deixamos que essa nossa luz brilhe,
inconscientemente permitimos
que outras pessoas façam o mesmo.

Quando nos libertamos de nosso medo,
nossa presença automaticamente liberta as outras pessoas”.

Nelson Mandela
(Discurso de Posse 1994)


“Our deepest fear is not that we are inadequate.
Our deepest fear is that we are powerful beyond measure.
It is our light, not our darkness, that most frightens us.
We ask ourselves, who am I to be brilliant, gorgeous, talented, and fabulous?
Actually, who are you not to be?
You are a child of God.
Your playing small doesn’t serve the world.
There’s nothing enlightened about shrinking
so that other people won’t feel insecure around you.
We are all meant to shine, as children do.
We are born to make manifest the glory of God that is within us.
It’s not just in some of us, it’s in everyone.
And as we let our own light shine,
we unconsciously give other people permission to do the same.
As we are liberated from our own fear,
our presence automatically liberates others.”

Speech 1994
Nelson Mandela


segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

O Caminho do Mago






"Existe um Mago dentro de todos nós. Esse Mago tudo vê e tudo sabe. O Mago está além dos opostos da luz e das trevas, do bem e do mal, do prazer e da dor. Tudo que o Mago vê tem suas raízes no mundo invisível. A natureza reflete o estado de alma do Mago. O corpo e a mente podem adormecer, mas o mago está sempre desperto. 

O Mago possui o segredo da imortalidade. A volta da magia só pode acontecer com o retorno da inocência. A essência do Mago é a transformação. Quem sou eu? É a única pergunta que vale a pena ser feita e a única que jamais é respondida. É seu destino desempenhar uma infinidade de papéis, mas esses papéis não são você. O espírito não é localizado, mas deixa atrás de si uma impressão digital que chamamos de corpo. 

Um Mago não acredita ser um evento localizado que sonha com um mundo maior. Um Mago é um mundo que sonha com eventos localizados. Os Magos não acreditam na morte. À luz da consciência, tudo está vivo! Não existem inícios ou fins. Para o Mago, eles não passam de elaborações mentais. Para viver mais plenamente, é preciso morrer para o passado. As moléculas se dissolvem e se extinguem, mas a consciência sobrevive à morte da matéria na qual ela viaja. 

A consciência do Mago é um campo que existe em toda a parte. As correntes de conhecimento contidas no campo são eternas e circulam eternamente. Séculos de conhecimento estão comprimidos em momentos reveladores. Vivemos como ondulações de energia no vasto oceano de energia. Quando o ego é posto de lado, temos acesso à totalidade da memória. Quando as portas da percepção forem purificadas, você começará a enxergar o mundo invisível : o mundo do Mago. Existe dentro de você um manancial de vida onde você pode purificar-se e transformar-se. Purificar-se consiste em livrar-se das toxinas da sua vida: emoções tóxicas, pensamentos tóxicos e relacionamentos tóxicos. Todos os corpos vivos, físicos e sutis, são feixes de energia que podem ser diretamente percebidos. 

O Mago vive num estado de conhecimento. Esse conhecimento dirige sua própria realização. O campo da consciência se organiza ao redor das nossas intenções. O conhecimento e a intenção são forças. O que você pretende muda o campo a seu favor. As intenções comprimidas em palavras envolvem o poder mágico. O Mago não tenta solucionar o mistério da vida. Ele está aqui para vivê-lo. 

Todos possuímos um eu-sombra que é a parte da nossa realidade total. A sombra não está presente para magoá-lo e sim para mostrar-lhe onde você está incompleto. Quando a sombra é abraçada, ela pode ser curada. Quando ela é curada, ela se transforma em amor. Quando você puder viver com todas as suas qualidades opostas, você estará vivendo seu eu total como o Mago. 

O Mago é o mestre da alquimia. A alquimia é a transformação. É através da alquimia que você começa a busca da perfeição. Você é o mundo. Quando você se transforma, o mundo em que você vive também será transformado. As metas da busca – o heroísmo, a esperança, a graça e o amor – são a herança do intemporal. Para invocar a ajuda do Mago, você precisa ser forte na verdade, sem ser teimoso no julgamento. A sabedoria está viva e é, portanto, sempre imprevisível. 

A ordem é outra face do caos, o caos é outra face da ordem. A incerteza que você sente interiormente é a porta de entrada para a sabedoria. A insegurança sempre estará com o que busca: ele continua a tropeçar mas nunca tomba. A ordem humana é feita de regras. A ordem do Mago não tem regras: ela flui com a natureza da vida. A realidade da sua experiência é uma imagem especular das suas expectativas. Se você projetar as mesmas imagens todos os dias, sua realidade será a mesma todos os dias. Quando a atenção é perfeita, ela cria ordem e clareza a partir do caos e da confusão. Os Magos não lamentam a perda, porque a única coisa que pode ser perdida é o irreal. Mesmo que você perca tudo, o REAL permanecerá. No cascalho da devastação e do desastre estão enterrados tesouros ocultos. Quando você examinar as cinzas, examine bem! 

Na medida em que você conhece o amor, você se torna o amor. O amor é mais do que uma emoção. Ele é uma força da natureza e, portanto, tem que conter a verdade. Quando você pronuncia a palavra amor, você pode captar o sentimento, mas a essência não pode ser proferida. O amor mais puro situa-se onde é menos esperado: no desapego. 

Além de andar, sonhar e dormir, existem infinitas esferas de consciência. O Mago existe simultaneamente em todas as épocas. O Mago enxerga infinitas versões de cada evento. As linhas retas do tempo são na verdade fios de uma teia que se estende em direção ao infinito. Os buscadores nunca se perdem, porque o espírito está sempre acenando para eles. Os buscadores recebem continuamente pistas do mundo do espírito. As pessoas comuns chamam essas pistas de coincidências. Não existem coincidências para o Mago. Cada evento existe para expor outra camada da alma. O espírito deseja conhecê-lo. Para aceitar esse convite, você precisa deixar cair suas defesas. Comece a procurar em seu coração. A imortalidade pode ser vivida em meio à mortalidade. 

O tempo e o intemporal não são opostos. Por abarcar tudo, o intemporal não tem opostos. No nível do ego, nos esforçamos para resolver nossos problemas. O espírito percebe que o problema é o esforço. O Mago tem consciência da batalha entre o ego e o espírito, mas compreende que ambos são imortais e não podem morrer. Cada aspecto seu é imortal, até mesmo as partes que você julga com mais severidade. 

Os Magos jamais condenam o desejo. Foi seguindo seus desejos que eles se tornaram Magos. Todo desejo é criado por algum desejo passado. A cadeia do desejo nunca acaba. Ela é a própria vida. Não considere nenhum desejo inútil ou errado: um dia cada um deles será realizado. Os desejos são sementes que esperam o momento propício para germinar. A partir de uma única semente de desejo, florestas inteiras se desenvolvem. Acalente cada desejo do seu coração, por mais trivial que ele possa parecer. Um dia esses desejos triviais o conduzirão a Deus. O maior bem que você pode fazer ao mundo é tornar-se um Mago! 


A gruta do coração é o lar da verdade." 


Deepack Chopra 

in 'O Caminho do Mago'

sábado, 30 de novembro de 2013

A memória do coração...





"No bolo da gratidão,

O ingrediente é o “coração”.

Para a massa ter sustento,

Só entre em casa com bom sentimento.

Nada de reclamar da vida,

Valorize a sua lida!

Quem não sabe agradecer

Precisa aprender.

Conchas da areia, sobre a mesa,

estimulam, na alma, a beleza.

Cultive violetas e humildade.

Com a lavanda, a serenidade.

Ramos de angélica, elevação.

Rosa branca, purificação.

Deixe as pétalas ao luar,

Leve ao forno para secar.

Pingue óleo essencial

Para reforçar o bem, o principal.

O fermento desse bolo é a fé.

Na vida, em Deus, em si até.

Um pensamento de gratidão

É a mais perfeita oração.

Felicidade é aceitar

O que a vida lhe reservar.

Ficou triste, perdeu a luz?

Reze pela casa fazendo o sinal da cruz.

Um ramo verde atrás da orelha, na hora da tensão,

Acalma, distrai a mente e Afasta a confusão.

Esconda no travesseiro, Sem tempo a perder,

Algo que faça o seu sonho florescer:

Melissa pela auto-estima,

E para ajudar a rima.

Manjericão para expressividade,

Malva pela verdade.

Escreva coisas bonitas e Ponha junto à cama:

Amor, cura, amizade e Respeito a quem se ama.

Margarida branca, seca, sob o colchão

Atrai amores felizes e mais Compreensão.

Asse o bolo da alegria No fogo do celebrar.

Quanto mais se celebra a vida, Mais haverá para amar.

Agora vamos comer, faça uma reunião!

Que delícia, meu Deus, Que santa gratidão!

Encha de flores o lugar,

Rime cantar com dançar.

Isso merece um sorriso!

A gratidão é o paraíso?

Depois da festa tudo se cala.

Acenda uma vela, agradeça à sua sala.

Dependure as flores, deixe secar.

Depois embale e pode guardar.

Espalhe em casa, Após uma faxina do mês,

As pétalas amadas, um pouco por vez.

Se alegrando e agradecendo ao bem

Por tudo de bom que você tem!

Com este cuidado profundo,

Você deve olhar o mundo.

Ajude no que for possível, Supra uma necessidade,

É assim que você encontra mais Felicidade."



Carlos Solano


terça-feira, 26 de novembro de 2013

Ilha cercada do desconhecido...





"Eu estou muito interessado hoje em dia
na questão do conhecimento,
o quanto a gente pode conhecer sobre o mundo.
E uma maneira de você representar isso, 
metaforicamente, é você pensar
que tudo que a gente conhece está numa ilha
e essa ilha é cercada pelo desconhecido,
E à medida em que o conhecimento vai avançando,
e a gente vai desenvolvendo novos instrumentos, novas teorias,
essa ilha vai crescendo 
e à medida que ela cresce, 
cresce também a margem que ela faz, a fronteira,
que ela faz com o desconhecido,
ou seja, quanto mais a gente conhece sobre as coisas,
mais a gente desconhece também, mais perguntas surgem,
e essa questão está ligada profundamente
com quanto a gente pode conhecer do mundo,
porque o ponto é que esse oceano do desconhecido,
em princípio é infinito.
Mesmo que o conhecimento humano aumente com o tempo,
a gente nunca vai poder conhecer tudo sobre o mundo
e temos que viver com essa sabedoria,
a de que a gente nunca vai poder ter uma visão completa do mundo,
o que não nos torna menos humanos, 
na verdade nos torna mais humanos e menos deuses."


 Marcelo Gleiser

(Filme Eu Maior)


quinta-feira, 21 de novembro de 2013

...peso da luz...





"Minha alma tem o peso da luz.

Tem o peso da música.

Tem o peso da palavra nunca dita,
 prestes quem sabe a ser dita.

Tem o peso de uma lembrança.

Tem o peso de uma saudade.

Tem o peso de um olhar.

Pesa como pesa uma ausência.

E a lágrima que não se chorou.

Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros."


Clarice Lispector

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

A casa do Amor






O Porão

O Porão da Casa do Amor pode ser um lugar bastante triste e seu ambiente sempre nos afeta.

Quando estamos no porão estamos profundamente infelizes. Achamos que o mundo está contra nós. Mesmo as pessoas mais próximas viram inimigas.

O objetivo da nossa permanência no porão é aprender a reconhecer as coisas que precisam ser curadas em nós e entender de que forma contribuímos para nossa própria infelicidade.

Enquanto estamos no porão não fazemos idéia de que precisamos curar alguma coisa, o problema é com os outros, não conosco.

No porão precisamos olhar os relacionamentos que estão à nossa volta como um reflexo de nós mesmos, para que possamos descobrir o lugar que queremos ocupar em qualquer relacionamento. A única maneira de fazer isso é dispondo-se a fazê-lo.

Temos que estar dispostos a liberar as coisas que não estão funcionando, abrindo-nos para escutar as verdades que não quisemos ouvir até agora.

Os dispositivos indispensáveis para sair do porão são vontade e disposição.

O Primeiro Andar

O primeiro andar da vida é o lugar onde moramos quando sabemos que precisamos nos curar, mas ainda não sabemos exatamente o quê há de errado.

Durante essa fase admitimos que estivemos envolvidos em relacionamentos e situações que nos deixaram infelizes e, em vez de culpar outras pessoas, olhamos para nós mesmos.

Este pode ser um lugar assustador, porque é no primeiro andar que devemos admitir: “Sei que contribuí de alguma forma para minha própria infelicidade, mas não sei como e nem por quê”.

Começar o questionamento dá início ao processo de cura.

Fazer perguntas significa abrir-se para respostas e estar em busca da verdade.

Os dispositivos para sair do primeiro andar são verdade e responsabilidade. 

O Segundo Andar

O segundo andar da casa do amor é o mais importante de todos, pois nele se inicia um nível mais profundo de aprendizado.

A primeira, última e única lição que você tem que aprender neste andar é: “Não existe nada errado comigo ou com as outras pessoas”.

Agora você entende que todas as experiências, todos os relacionamentos, todos os acontecimentos dolorosos ou constrangedores foram necessários para o seu crescimento.

Irá descobrir que Deus sempre amou e irá amar você, não importa o que tenha feito ou o que possa fazer.

E você descobre isso quando percebe que só o amor de Deus poderia ter retirado você do porão.

Renunciar é o detergente espiritual para o trabalho que você tem que fazer neste andar.

A renúncia funciona melhor quando usada junto com o perdão.

No segundo andar, você está realmente mudando do modelo passivo/agressivo para uma abordagem receptiva/ativa.

Tendo se livrado de grande parte das bugigangas mentais, pode agora ouvir seus próprios pensamentos e escutar outras pessoas.

Os dispositivos para sair do segundo andar são renúncia e perdão. 

O Terceiro Andar

Agora você está a caminho de descobrir a verdade sobre si mesmo.

A esta altura saberá o que está errado e o que fazer a respeito.

Isso por si só já é difícil, mas existe outro problema: ao subir do segundo andar para o terceiro, cada vez que aplicar o que sabe, irá surgir outra situação para testar sua confiança e paciência.

O que faz a experiência da passagem do segundo andar para o terceiro mais desafiadora, é o fato de cada degrau entre os dois andares estar coberto por suas experiências.

Você deve aprender que : “Amar a si mesmo é a única coisa importante, porque quando nos amamos podemos amar a todos e a qualquer um”.

Nesta parte do aprendizado, a tentação de desistir aparecerá muitas vezes.

Você vai querer reclamar, emburrar, voltar atrás...

Não desista, pois você já percorreu uma grande parte do caminho, tenha paciência e continue em frente.

Nesses momentos seu equipamento parecerá precário, mas tenha certeza de que você chegará lá.

E um dia quando você menos esperar, verá a luz.

Irá experimentar o esplendor de morar no terceiro andar da Casa do Amor.

Sentirá paixão por si mesmo e pela vida.

Você conseguiu!

Ainda que a cura não seja completa, sabe o que fazer, como fazer e por que é necessário manter o amor no centro de tudo.

Começará a ensinar as pessoas o que aprendeu, compartilhando suas histórias pessoais sem medo do que possam pensar de você.

Perceberá que enquanto estava aprendendo, lembrando e recriando suas idéias a respeito do amor, o amor estava ao seu lado ouvindo-o, observando-o...

Vai descobrir que o seu papel na vida é servir ao próximo e, ao mesmo tempo gostar de si mesmo.

Muitas pessoas se tornam moradores permanentes do terceiro andar.

Isso é perfeitamente aceitável.

Você pode morar nesse lugar e nesse estado de consciência durante muito tempo e sentir total satisfação.

Mas, um dia irá perceber que existe um andar acima e que a única coisa que precisará fazer para subir é uma ligeira mudança.

No terceiro andar voce precisa de confiança e paciência.


O Sótão

O sótão da Casa do Amor é como a consciência das crianças, que vivem totalmente confiantes, aceitando a si mesmas e aos outros.

No sótão, nos comprometemos a mudar nossa consciência para um estado de amor, amor-próprio incondicional.

Neste nível de seu desenvolvimento, você limpou tão bem o seu subconsciente, que não importa o que você pense, o amor irá se manifestar.

Você estará em boa companhia, terá muito apoio e proteção.

Este é o "Reino do Espírito".

É a mais alta faculdade da sua mente.

Quando você ultrapassa todas as suas questões humanas e chega a este nível de consciência está em companhia dos mestres, dos anjos, dos arcanjos.

Você se tornou a “luz do mundo”.

Por isso, eu peço calorosamente a você que faça tudo o que estiver ao seu alcance para deixar brilhar a sua luz!


Por Iyanla Vanzant
Livro Enquanto o amor não vem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...