terça-feira, 26 de novembro de 2013

Ilha cercada do desconhecido...





"Eu estou muito interessado hoje em dia
na questão do conhecimento,
o quanto a gente pode conhecer sobre o mundo.
E uma maneira de você representar isso, 
metaforicamente, é você pensar
que tudo que a gente conhece está numa ilha
e essa ilha é cercada pelo desconhecido,
E à medida em que o conhecimento vai avançando,
e a gente vai desenvolvendo novos instrumentos, novas teorias,
essa ilha vai crescendo 
e à medida que ela cresce, 
cresce também a margem que ela faz, a fronteira,
que ela faz com o desconhecido,
ou seja, quanto mais a gente conhece sobre as coisas,
mais a gente desconhece também, mais perguntas surgem,
e essa questão está ligada profundamente
com quanto a gente pode conhecer do mundo,
porque o ponto é que esse oceano do desconhecido,
em princípio é infinito.
Mesmo que o conhecimento humano aumente com o tempo,
a gente nunca vai poder conhecer tudo sobre o mundo
e temos que viver com essa sabedoria,
a de que a gente nunca vai poder ter uma visão completa do mundo,
o que não nos torna menos humanos, 
na verdade nos torna mais humanos e menos deuses."


 Marcelo Gleiser

(Filme Eu Maior)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...