domingo, 3 de julho de 2016

A Grande Invocação








A GRANDE INVOCAÇÃO



Do ponto de Luz na mente de Deus,
Que flua Luz à mente dos homens
E que a Luz desça à Terra.

Do ponto de Amor no coração de Deus
Que flua amor ao coração dos homens
Que Cristo retorne à Terra.

Do centro onde a vontade de Deus é conhecida,
Que o propósito guie as pequenas vontades dos homens,
Propósito que os mestres conhecem e servem.

Do centro a que chamamos a raça dos homens
Que se realize o plano de Amor e de Luz
E se feche a porta onde se encontra o mal.

Que a Luz, o Amor e o Poder
Restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra
Hoje e por toda a eternidade. 






A Grande Invocação é uma oração mundial e não sectária.

Foi traduzida em mais de oitenta línguas e dialetos.

No início, ela estava na posse dos Mestres da Grande Fraternidade Branca, no idioma Senzar, que é a linguagem secreta dos Adeptos e Iniciados, e que em sua maior parte é hieroglífico. 

Esses antigos símbolos foram traduzidos para o inglês moderno pelo Mestre Djwhal Khul (o Tibetano), o qual, posteriormente, transmitiu à teosofista inglesa Alice Bailey.

A Grande Invocação é utilizada principalmente pelos praticantes da Meditação. Entretanto, hoje em dia, ela é amplamente aceita e utilizada diariamente por um número sempre crescente de pessoas nos quatro cantos do mundo.


A Grande Invocação expressa que:

* Existe uma inteligência básica a que se dá o nome de Deus.

* Existe um Plano divino de evolução no Universo cujo poder motivador é o amor.

* Uma grande individualidade denominada Cristo pelos cristãos – o Instrutor do Mundo – veio à Terra e personificou esse Amor para que os seres humanos pudessem compreender que o amor e a inteligência são efeitos do Propósito, da Vontade e do Plano de Deus. Muitas religiões creem em um Instrutor Mundial, conhecido por nomes tais como o Senhor Maitreya, o Iman,  Mahdi, o Messias, etc.

* Somente por meio da humanidade é possível implementar o Plano Divino.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...